BRINQUEDINHOS

BRINQUEDINHOS

Pauliana, uma destacada morena da cidade de Tanabi, que prestava serviços, a uma rede de lojas de produtos eróticos, Sexy hot Shop, juntamente com mais algumas colegas, também muito bonitas e sensuais. Apesar de trabalhar em um setor, aonde, se vendia “brinquedinhos” eróticos tipo vibradores, consolos, pênis etc., nunca teve interesse em experimentá-los.
Todavia, seu chefe imediato do setor de televendas, o Ed Wilson, em um cafezinho de intervalo, lhe fez uma pergunta, no mínimo inusitada:
-Paulinha, você toparia uma noitada, fazendo uso dos brinquedinhos?
Ela retrucou dizendo:
Não! Imagine, nunca fiz!
Minutos depois Pauliana o surpreendeu:
-Ed, eu topo apenas por curiosidade!
Marcaram um encontro no AP dele. Uma noite enluarada, propicia para a pratica do amor, de repente, a campainha toca, a moça vai atender, era Ed Wilson, com um tipo de presente nas mãos.
-Entre Ed, pensei que não viesse mais!
-Não ia perder essa oportunidade Paulinha!
Ela, abriu uma garrafa de um vinho especial, seu traje, uma sainha leve, transparente, aonde, sua vasta bunda, ficava desenhada e à mostra, o que fazia o moço, mais atraído e tarado. Ele, arrancou aquelas vestes, a deixando apenas, com uma micro tanguinha preta e socada na bundona, a bucetinha inchada e volumosa, estava pronta, pra levar vara. Ali, iniciava uma longa orgia, quando a moça perguntou:
– Cadê os brinquedinhos?
Ed Wilson, pegou o pacote e expôs no sofá, os mais diversificados vibradores de penetrações anais, vaginais, cremes etc. A tara aumentava e, o termômetro subia, quando se iniciou um tremendo 69, muitas chupetas, gozos…
Ali começava uma DP (dupla penetração), Ed Wilson, empurrou seu pau na bucetinha da moça e um vibrador de 30 centímetros no cuzinho dela, sempre revezando, tirando do cuzinho, colocando na xana.
– Uaiiii!  Ai! Ed, ai meu cuzinho!
-Ai porra! Estou gozando filho da puta!
Após, o rapaz resolveu, introduzir no cuzinho da moça um pênis realístico de 35 centímetros, negro e lubrificado.
– Aiii!   Meu cuzinho filho da puta!
-Ai, estou gozando, empurra, empurra esse caralho preto, tô gozando.
A moça, gozou tanto, que desmaiou no sofá. Terminado, ela ficou com os presentes, marcando novo encontro. Ela realmente gostou. Fim
(BRAW)

Edilson Leão